Quando menina, passávamos por pés de manga e tínhamos vontade de pegá-las. Há um poema de Carlos Drummond de Andrade que se chama Fruta-Furto e se você for à Itabira, a cidade natal do poeta, poderá ver a poesia inscrita em metal, num painel em frente de uma escola:



Agora, vamos ver como ficaria uma paráfrase ao poema com a manga:

Atrás do grupo-escolar fica a mangueira. Estudar, a gente estuda. Mas depois disto, o pessoal e eu queremos furtar uma manga ou outra. Da manga, a gente tem que descascar uma casca dura, mesmo assim chupa-se lá no pé. O furto exaure-se no ato de furtar, entende? A consciência fica mais leve do que asa ao descer. Volto de mãos vazias para casa.

Mas, mudando de assunto, nota-se que pais gostam de cuidar da alimentação dos filhos, como ouvi um rapaz dizer dias atrás. Minha mãe, há pouco tempo, trouxe-me carinhosamente numa vasilha um almoço. Mas os alimentos acabaram misturando todos e acabei experimentando a mandioca junto da manga que, naquela mistura, aparentavam a mesma coisa. Fato é que achei muito bom e quis fazer uma salada com manga.
Para esta salada, vocês vão precisar de manga, alface, tomate e cebola. Para o tempero, azeite de oliva, limão e tempero pronto tipo Sazon ou Tempero Fácil (que pode substituir o sal na pipoca também , como fazia minha tia. Fica muito bom). Se preferir algo diferente do tempero pronto mencionado, pode substitui-lo pela pimenta ou pelo molho de soja.
Primeiramente, forra-se o prato/vasilha com a alface, seguida de pedaços de tomate e cebola, quando então o azeite de oliva, o suco do limão espremido e o tempero pronto são adicionados. Depois, são colocados os pedaços de manga por cima e está pronto. Abaixo segue o vídeo: